InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

  (FP) Kathryn Hale Quiin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kathryn H. Quiin
Cientistas
Cientistas
avatar

Mensagens : 8
Pontos : 10
Data de inscrição : 13/03/2014
Idade : 23
Localização : ~ Distrito.

Ficha do Morador
Dinheiro na Carteira: 120 dólares
Mochila:

MensagemAssunto: (FP) Kathryn Hale Quiin   Qui Mar 13, 2014 4:49 pm


Kathryn Hale Quiin

Cientistas



Russa



20 Anos



Laura Vandervoort
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS:
Loira dos olhos intensos como água, que parecem brilhar como dois preciosos cristais, cabelos compridos abaixo dos ombros dando uma aparência 'social' a mesma, possuí um metro e sessenta e nove, pesando sessenta quilos, tem um corpo bem definido, repleto de curvas. Pela branca mais tende a parecer morena em alguns casos, Boca carnuda mais não tão volumosa, muitos costumavam dizer que a aparência física da mulher lembra a de um anjo.
CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS
É orgulhosa, séria e arrogante. Pode ser engraçada e gentil, mas é algo quase impossível. Uma garota irônica, ignorante e estranha. A loira não sabe a hora de recuar e sempre acaba exagerando nas palavras, muitas vezes ofendendo inconscientemente alguém, Mesmo assim está sempre disposta a ajudar quem necessite. Quando confia realmente em uma pessoa, sua personalidade arrogante e séria da lugar a de uma mulher de fala mansa e sonhadora. Nunca foi a pessoa mais ''popular'' de sua instituição, Sempre se encontrava sozinha perambulando durante o intervalo carregando enormes livros, onde gastara dias e noites lendo, Livros e filmes científicos era o passatempo preferido da mulher. Ela era aquela garota que sempre levantava a mão nas perguntas mais complicadas dos professores, sempre acertando. Sofria com a perseguição dos outros estudantes perante a ela, e por isso formou sua personalidade ''durona'' e ''arrogante. '' ela costuma usar duas frases constantemente quais são. '' Para que me igualar, se eu posso ser melhor?'' ''Devoramos aqueles que nos superariam'' Não podemos dizer que Kathryn é uma má pessoa, mas quando a cidade entre em um caos, não sabemos em quem podemos confiar. Ou sabemos?
HISTÓRIA
Seu ancestral foi retratado como um homem de inteligência medíocre, que conseguiu seu poder graças à esperteza impiedosa, porém Kathryn não se assemelha a ele. Não é nada impiedosa, mas ao menos, é inteligente. Desde pequena sofreu com a pressão que seus pais lhe davam perante aos seus estudos, erros não eram permitidos naquela casa onde apenas viviam os homens mais inteligentes e até os maiores cientistas do mundo, dias e noites estudando para provas. Sua infância foi substituída por uma vida corrida e exausta, matriculada nas melhores escolas da Rússia, sendo obrigada pelo pai a participar de todas as aulas independentes do horário e se aquelas matérias deveriam ser lecionadas para uma garota tão jovem, seus brinquedos de alta classe foram jogados ao lixo e queimados, em troca recebeu aula de bons modos o que não adiantou em nada já que ela veio a esquecer-se de tudo, levantava-se cedo da cama e ia rumo a sua primeira escola, voltando apenas á tarde onde seguia para outra escola e assim sucessivamente. Para uma criança que apenas desejava diversão, aquela era a pior vida do mundo, possuía uma irmã mais velha qual a consolava dentro de casa e oferecia momentos alegres para a mesma, sua infância não foi uma das mais desejada pelas crianças, mais ela não podia fazer nada além de obedecer a seus pais, sua casa tinha regras um tanto severas e a Loira tentava seguir uma por uma, pois sabia qual seria o ‘’premio’’ caso fosse contra alguma. Natal para as crianças era a época de férias e diversão, mas para Kathryn aquele mês apenas serviria para mais tempo para seus estudos. Sua mãe era uma granfina cheia de si e seu pai era um rapaz sério e impiedoso. Filha de Alexei Hale Moore e Alice Hool Quinn, destes herdou os cabelos lisos e os olhos azuis. Já com dezoito anos formou-se nas melhores faculdades sendo considerada uma ‘Aluna exemplar. ’ Mais os títulos supriam apenas um pouco da tristeza e solidão que ela mantinha guardado em seu coração cheio de esperanças. Certo dia ela decidiu que não voltaria para casa, passaria a noite em um apartamento que havia comprado com seu próprio e suado dinheiro, No meio da madrugada enquanto estava jogada sobre a cama com as pálpebras quase se fechando de tanto cansaço, ouviu gritos e barulhos fortes que pareciam retratar vidros sendo quebrados, entre outros barulhos que era emitido logo na parte de fora de seu apartamento, confusa e preocupada levantou-se da cama e postou-se para fora dando seus primeiros passos, já no corredor viu uma mulher com os olhos vermelhos intensos (que chegava a hipnotizar quem quer que os vissem.) sua pele estava acinzentada e sua feição era de uma pessoa morta. A mulher com aparência estranha caminhou até Kathryn, que sem reação e com o medo percorrendo pelo seu sangue, correu como se sua vida dependesse daquilo. A Mulher do olhar vermelho como sangue disparou-se atrás da mesma em uma velocidade assustadora, Kathryn enfiou-se dentro do elevador esbarrando-se pelas paredes, para sua sorte a porta veio a fechar, assim que a mulher com um olhar morto se aproximou e esticou sua mão em direção a Kathryn, A mão da ‘’Mulher’’ ficou presa na porta do elevador, e assim Kathryn pode observar cada unha afiada da mesma, mais o que era aquilo? O que estava acontecendo? Kathryn não sabia, mas queria descobrir. Ela queria arrancar uma das unhas da mulher para fazer testes, mais pouco antes de tudo isso acontecer havia ouvido sobre uma espécie de ‘contaminação’, mais os médicos teimavam em dizer que não era nada grave, ao chegar á saída do hotel onde estava, correu até a garagem e pegou seu carro, indo em direção a sua casa, para sua surpresa seus pais a atacaram assim que ela abriu a maçaneta da porta e colocou-se para dentro, não vendo alternativa Kathryn se jogou da janela do quarto para que não fosse morta por aqueles monstros que com certeza não eram seus pais, perdida e sem rumo andou e andou, lutando dia e noite para sobreviver á fome, aos ataques e a saudade de sua família. Tempos depois foi encontrada e remanejada por um grupo de patrulha que caminhavam por onde a mulher se encontrava. Assim ela foi levada ao distrito se ofereceu para ajudar na procura da cura, e assim faz até hoje.
copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Willow Kuffman
Cannons
Cannons
avatar

Mensagens : 43
Pontos : 81
Data de inscrição : 10/12/2012
Idade : 21

Ficha do Morador
Dinheiro na Carteira: 500 Reais
Mochila:

MensagemAssunto: Re: (FP) Kathryn Hale Quiin   Qui Mar 13, 2014 7:46 pm

Aprovada!

Parabéns, Kathryn!
Temos o prazer de informar que sua ficha foi aprovada e que você foi integrada nos grupos desejados! Seja bem-vinda ao jogo e esperamos que se divirta!
Boa Sorte e Welcome to Brand New World
Staff

JESS

Template EXCLUSIVO da Administração

___________________
the good and the evil ,  this is war
♣️ the black sheep ♣️ don't fucking touch me ♣️
miss autonomy, miss nowhere I'm at the bottom of me

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
(FP) Kathryn Hale Quiin
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [FP] Derek Hale
» Insta ~@QueenA

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Primeira Parada :: Registros :: Fichas :: Fichas Aprovadas-
Ir para: